quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Visto por mim:A cidade do Cairo, 20 meses antes da Primavera Árabe

No Cairo em abril de 2009. Participava na Assembleia Parlamentar do Mediterrâneo da qual era vice-presidente. Sentia-se que algo iria acontecer. No ano seguinte, em dezembro, eclodiu a Primavera Árabe. 

"Primavera Árabe (em árabeالربيع العربي , transliterado - ar-rabīˁ al-ˁarabī), como é conhecida mundialmente, foi uma onda revolucionária de manifestações e protestos que ocorreram no Oriente Médio e no Norte da África a partir de 18 de dezembro de 2010. Houve revoluções na Tunísia e no Egito, uma guerra civil na Líbia e na Síria; também ocorreram grandes protestos na Argélia,BahreinDjibutiIraqueJordâniaOmã e Iémen e protestos menores no KuwaitLíbanoMauritâniaMarrocosArábia Saudita,Sudão e Saara Ocidental.[] Os protestos compartilharam técnicas de resistência civil em campanhas sustentadas envolvendo greves, manifestações, passeatas e comícios, bem como o uso das mídias sociais, como FacebookTwitterYoutube, para organizar, comunicar e sensibilizar a população e a comunidade internacional em face de tentativas de repressão ecensura na Internet por partes dos Estados"

Sem comentários:

Publicar um comentário