domingo, 16 de novembro de 2014

PS Viseu, CP Distrital - Patrícia Monteiro defendeu "Primárias-Mais participação"

Patrícia Monteiro -moção "Primárias-Mais participação"
A CP Distrital do PS reuniu no Solar dos Peixotos para discutir a moção setorial "Primárias-Mais participação", apresentada ao XVI Congresso da Federação, e cuja primeira subscritora foi Patrícia Monteiro. Tinha como objetivo propor que:

"(...) este Congresso aprove a realização de Eleições Primárias da lista de Deputados do PS pelo circulo de Viseu. As eleições Primárias serão abertas a militantes e simpatizantes, registados para o efeito, sob regulamento definido pela Comissão política Federativa".

Adelaide Modesto e José Pedro
A discussão foi longa e era difícil prever que Patrícia Monteiro, apoiante de Acácio Pinto ao Congresso, conseguisse fazer valer o seu objetivo. 

Foram realizadas  várias propostas de alteração, de contexto, objeto, conteúdo e metodologia, mas prevaleceu o texto original da proponente e foi votado maioritariamente: 32 a favor, 12 contra e 2 abstenções.

A ideia das Primárias, posta em prática por António Seguro, veio para ficar. António Costa adotou-a na Agenda da Década, ou seja, a prática sobreviverá aos dois socialistas que foram candidatos a primeiro-ministro nas inéditas Primárias em Portugal e no PS.

Sá Melo e Leonor Nascimento
Permaneceu o bom-senso e todo o PS distrital ganhou, facto que também significa a diluição de tensões internas.

E, de facto, uma posição política da CPD sobre as primárias é a manifestação de um desejo que só será formalmente concretizável se respeitar os estatutos do PS, a sua lei geral.

Na mesa estiveram João Tiago, presidente da mesa da CPD, Alberto Ascensão, vogal e  António Borges, presidente da Federação distrital.
António Borges, João Tiago e Alberto Ascensão



Sem comentários:

Publicar um comentário