quarta-feira, 30 de março de 2011

MOURICAS - ABRANTES - APOIO AO ASSOCIATIVISMO E PATRIMÓNIO E PATRIMÓNIO

Fui à freguesia de Mouriscas, concelho de Abrantes, homologar protocolos de financiamento no âmbito do PROGRAMA DE EQUIPAMENTOS DE UTILIZAÇÃO COLECTIVA (SP2).
Estiveram presentes os dirigentes da Fábrica da Igreja Paroquial de Mouriscas, da Associação Recreativa Filarmónica Frazoeirense e do Centro Cultural e Recreativo da Aldeia da Ribeira.

A Governadora Civil, os Presidente de Câmara de Abrantes, Ferreira do Zêzere e Constância, o Presidente da Junta de Mouriscas e demais entidades locais estiveram presentes.
Fizeram intervenções o Padre Francisco Valente, a Presidente da Câmara de Abrantes e o SEAL. A cerimonia decorreu na igreja que vai ser intervencionada e foi antecedida por um momento musical oferecido por uma jovem estudante de música.

A deslocação a este interior tem como objectivo principal valorizar o trabalho voluntário das pessoas que dedicam o seu tempo livre à dinamização das entidades associativas, às suas realizações culturais e desportivas, bem como à preservação do património, nomeadamente o religioso.

Revalorizar esta espírito comunitário foi uma das minhas preocupações, bem como a participação activa das autarquias locais na compreensão dessa dimensão cívica das populações e ajudando de forma diversa.
Finalmente, a comparticipação de cerca de 50% do Governo no esforço financeiro foi acompanhado, quer pela autarquia de Abrantes, quer pelas próprias colectividades, através da angariação de fundos junto das pessoas.

Depois da cerimonia alguns jovens da Escola Profissional serviram um Abrantes de Honra com produtos locais que os próprios confeccionaram dando boa nota do seu esforço numa habilitação profissional que lues permita organizar e fazer vida própria.

 









Sem comentários:

Publicar um comentário