quarta-feira, 26 de abril de 2017

Em Porto de Mós nas "Conversas de Abril"

Fui a Porto de Mós, à tarde, participar numa tertúlia sobre os "Desafios do Poder Local", a convite dos presidentes de câmara e assembleia municipais, João Salgueiro e Rui Neves.
António Alves, da Rádio D. Fuas, foi o moderador das "Conversa de Abril", em que também participou António Alves, vice-presidente da Anafre.
O evento decorreu no parque Verde da Cidade, denominado agora Almirante Vítor Crespo. "Vítor Manuel Trigueiros Crespo foi um dos principais dirigentes da Marinha do Movimento das Forças Armadas (MFA) e integrou a equipa do posto de comando sediado na Pontinha em 25 de Abril de 1974, liderada pelo então major Otelo Saraiva de Carvalho.
Vítor Crespo, membro da comissão coordenadora do MFA, foi o único militar da sua arma, a Marinha, que subscreveu o Documento dos Nove de Melo Antunes, opondo-se, assim, ao sector mais radical do MFA durante o PREC [Processo Revolucionário em Curso, no Verão de 1975]. Foi então que abandonou o Conselho da Revolução.
Depois do 25 de Abril, foi
nomeado Alto-Comissário para Moçambique, cargo em que permaneceu até à independência daquela ex-colónia. Foi também ministro da Cooperação durante o VI Governo provisório, chefiado pelo almirante Pinheiro de Azevedo, e fez parte do primeiro Conselho de Estado após o 25 de Abril de 1974."













 Brigada Vitor Jara

Sem comentários:

Publicar um comentário