sábado, 27 de dezembro de 2014

Passos Coelho, o Pai Natal e as nuvens negras

"Nuvens negras" é coisa  que o meteorologista político Passos Coelho afasta do continente e das regiões autónomas em 2015, pelo menos até às eleições. 

Até lá, céu azul, muito sol e temperaturas amenas vão marcar o ambiente no país. Foi esta a mensagem de Natal do primeiro-ministro. Isto quer dizer o quê?

Que os trabalhadores da segurança social não vão ser despedidos, que a idade da reforma não vai aumentar, que vão terminar em janeiro os cortes nos salários, a TAP não será privatizada, os cortes nas políticas sociais, educação e saúde vão acabar, que terminam definitivamente as centenas de milhões de euros pagos em estudos e pareceres aos gabinetes do costume, que o desemprego vai baixar virtuosamente, sem recurso à maquilhagem dos estágios ou emigração ... que a dívida vai ser amortizada, sobretudo à custa do crescimento que não dos impostos sobre as pessoas singulares ou coletivas... Parabéns, até porque estamos habituados em que acerte em todas as previsões!!!



Sem comentários:

Publicar um comentário