segunda-feira, 30 de junho de 2014

O IRS de Pires de Lima ou o teatro da (in)estabilidade na Maioria PSD/CDS

Pires de Lima faz depender o futuro da coligação da baixa (ou não subida) do IRS. Se assim for, se não subir ou baixar o IRS, o mérito será do CDS que assim entala mais uma vez o PSD. 

Pires de Lima já nos des(iludiu) com o IVA que prometera baixar. Só que baixou par cima. 

Ao mesmo tempo que Portas insinua a sua saída da liderança do CDS, Marques Mendes noticia que alguns membros do governo se irão embora em 2015. 

Precisamos mesmo que o PS a partir de setembro se 

Sem comentários:

Publicar um comentário