segunda-feira, 22 de abril de 2013

Marcelo: Secretários de Estado que saíram do governo poderão estar a ser investigados pelas Finanças


Continua a remodelação em duodécimos - Marcelo Rebelo de Sousa falou esta noite na possibilidade da saída de dois dos secretários de Estado estar relacionada com a auditoria das Finanças aos contratos que os metros de Lisboa e Porto terão feito de produtos de risco (swaps) e que resultaram num prejuízo de 2 mil milhões de euros.
“Há quem pense que os secretários de Estado da Administração Interna [Juvenal Silva Peneda ] e da Defesa [Braga Lino] estariam sob auditoria das Finanças devido aos contratos swap”, afirmou no seu comentário habitual na TVI, justificando que essa terá sido a razão do seu afastamento dos cargos.
Marcelo Rebelo de Sousa comentou ainda a nomeação de Berta Cabral para secretária de Estado da Defesa. Apesar de confiar nas competências da ex-candidata à presidência do governo regional dos Açores, o comentador da TVI considera que esta é uma pasta difícil com problemas delicados como a Base das Lages e os Estaleiros de Viana.Por Ana Tomás

Sem comentários:

Publicar um comentário